sexta-feira, 1 de setembro de 2017

QUASE UM ANO NENA



Participar hoje do velório do Irmão Sebastião, Zelador do Seminário do Norte do Brasil, fez passar um filme em minha mente, da amizade de minha MÃE NENA com ele e sua esposa Dona Jarda, como a chamamos, como também reviver sentimentos que tomam formas diferentes para continuarmos a prosseguir, e gratos a Deus por vidas tão preciosas.

Vivi somente 16 anos com meu Pai, e foi muito sofrimento vê-lo partir eu ainda adolescente.

Nena estava lá, com sua poderosa força, que ELA nunca deixou que nos esquecêssemos, que essa força sempre vinha de Deus, e deu a cada um de nós, seus oito filhos, quatro na idade até dezesseis anos e eu era uma desses quatro, todo apoio que precisávamos para prosseguir com a triste ausência de nosso Pai.

Os anos foram se passando e o choro que durava a noite, a cada amanhecer caminhavam lentamente levando e amenizando a dor e a saudade. (Salmos 30)

Convivi e tratei anos um medo patológico, medo de a Nena ir também. Mas ELA na sua limitada formação escolar formal, mas ilimitada sabedoria, sempre mostrava com sua própria forma de viver e enfrentando sua própria dor, do quanto os dias que viriam, seriam sempre os melhores, e que Deus era o nosso Pastor e nada iria nos faltar (Salmo 23).

A cada dia a vida mostrava que ELA estava certa e que poderíamos continuar nossa caminhada, às vezes sorrindo, outras chorando, alegres, tristes, mas sempre fitando os olhos em Jesus, autor e consumador da nossa fé (Hebreus 12:2).

A CASA de NENA parecia ser de açúcar.

 Eu amava deitar naquela sala naquele colchãozinho no chão, enquanto conversávamos.

E aquela mesa?

Aquela inesquecível cozinha, onde eu sempre dizia que era o Púlpito DELA, pois sempre tinha pronta uma citação Bíblica para conosco compartilhar, e De Onde o pão saia quente do forno, só esperando a manteiga deslizar por sobre ele e o cheiro do café que circulava pela casa, atraindo até quem estava km de distância.

“Naquela mesa ELA sentava sempre e me dizia sempre o que é viver melhor
Naquela mesa ELA contava histórias que hoje na memória eu guardo e sei de cor.
Naquela mesa ELA juntava gente e contava contente o que fez de manhã
e nos seus  LINDOS olhos AZUIS era tanto brilho que mais que SUA FILHA
eu fiquei SUA fã”     ( Nelson Gonçalves)

Só temos a agradecer a Deus pelos oitenta e seis anos e nove meses de convivência com ELA.

Guardei seu cheirinho gostoso que assim como o do meu Pai, nunca será apagado de minha memória emocional. O tempo nunca apaga o que a vida nos deu de melhor e esses dois serão eternos dentro de mim.

Saudades  eterna NENA.


terça-feira, 4 de julho de 2017

O RESPEITO PELAS PEDRAS


                                               

Ao me acordar hoje, já pensando na responsabilidade com o Congresso da Criança que tem inicio nessa sexta-feira na Igreja Batista Emanuel, com a participação de 300 crianças, comecei a pensar como que, enquanto se trabalha, enquanto se prepara, enquanto se organizam, quantas pedras difíceis encontramos pelo caminho.

Lembrei logo do rio que nem se mete a tira-las de sua frente e sim faz o contorno e segue seu rumo com suas águas, que não deixam por nenhum momento de serem cristalinas, por terem contornado as pedras.

E as pedras “tidas” como as mais bonitas? As que estão nos anéis ou principalmente aquelas que compramos para fazer nossas calçadas, nossos quintais e vamos caminhar por sobre elas diariamente, essas que nós mesmos colocamos em nossos caminhos, aquelas que se trás para perto de si, encantados por suas belezas, mas que já trazem em si suas exigências, pois para mantê-las bonitas é necessário o cuidado diário. Até as pedras dos belos anéis podem cair ou quebrar.

Quando tratamos as pedras do caminho com respeito, nós não PISAMOS nelas e sim caminhamos sobre elas.

domingo, 12 de fevereiro de 2017

QUERIDA MÃE NENA

                               
Foi assim que iniciou, “Querida Mãe Nena”, uma mensagem escrita que enviei para minha mãe dia 10 de dezembro de 1991, e que eu nem lembrava mais.
 Agora diante de seu falecimento em 05 de outubro de 2016, o cartão e a mensagem retornam para as minhas mãos e com lágrimas nos olhos releio e agradeço novamente a vida maravilhosa que Deus permitiu que nossa Nena vivesse até seus 86 anos e nove meses, junto de nós.

          QUERIDA Mãe Nena! Eu gosto de escrever, pois expresso melhor meus
            sentimentos e emoções.
            AMO muito a Senhora. Continuo com a terapia e agradeço a Deus por
           essa oportunidade.
           ÀS VEZES não sinto vontade de orar, ai me lembro de que a Senhora ora
           todos os dias por mim, então agradeço a Deus por isso, ai então estou
           orando.
           MÃE tem muita coisa que carrego comigo que eu não consigo entender,
           e não gosto, e o que tenho tentado fazer a cada dia é gostar mais de
           mim e saber agradecer a Deus do jeito que me fez e das transformações
           que pode fazer em nós quando permitimos.
           MÃE eu amo a Senhora, mas eu sei que eu a amo, porque me amaste
           Primeiro.
           AO ORARES por mim, levante um pouco mais a sua voz.
                               Te amo
                                           Lê
                                                10.12.1991


      Frase do próprio cartão:- Sinto tua presença caminhando ao meu lado

domingo, 10 de julho de 2016

QUEM PASSOU POR AQUELA SALA ESTEVE MAIS PERTO DO CORAÇÃO DAS CRIANÇAS




                                            CONGRESSO da Criança 2016

Algumas das muitas frases ouvidas durante e depois do Congresso:-

 O Congresso foi demais!

 Não segurei as lágrimas!

 Foi o melhor que já participei!

 Foi benção!

 Tudo para honra e glória de Deus!

 Eu me arrepiei!

 O momento do menininho foi emocionante!

Estamos cansados, mas não estressados!

Frase vinda dos corações de quem trabalhou ou participou em algum momento desse tão grandioso e importante evento, que faz parte da vida dessa Igreja há dezenove anos.

Para quem trabalha no planejamento, o vigésimo já começou, e com certeza será o melhor, pois essa emoção é única para aquele que se dispõe a trabalhar.

Mas quando falamos do melhor, estamos nos referindo à produção, mas para as crianças o melhor mesmo, seria que já tivesse outro em outubro, como disse um garoto para mim.

Mas o melhor mesmo estava naquela sala, à sala de oração!

Por ali passaram cento e sessenta e cinco pedidos de oração. Que delícia poder ouvir o coraçãozinho das crianças. Quem por ali não passou, não teve esse privilégio, perdeu o melhor do Congresso, ouvir o que as crianças trouxeram em seus corações.

Dessas cento e sessenta e cinco crianças, setenta e sete pediram que orassem pela sua família.

As crianças necessitam serem ouvidas, somente assim famílias fortes serão construídas. Famílias destruídas corações dilacerados.

“Se não for pra te adorar para que eu nasci? Se não for para te servir porque estou aqui?”


O Congresso da criança é a melhor forma e expressão de louvor que a igreja Emanuel pode viver, pois é através da criança que vem o perfeito louvor; “Respondeu-lhes Jesus: Sim; nunca lestes: Da boca de pequeninos e de criancinhas de peito tiraste perfeito louvor?” (Mateus 21:16).

terça-feira, 15 de março de 2016

HOMENAGEM AO DIA INTERNACIONAL DA MULHER -2016

DIVANY, nossa coordenadora de sociabilidade do Coro Feminino (Tríade), pediu para que eu falasse alguma coisa rapidinho, homenageando assim nós mulheres. Fiquei pensando que não é nada fácil falar rápido de um tema inesgotável. Pedi ajuda a quem falou pouco, mas falou daquilo que nos valoriza como mulher:
TOM JOBIM, todo sedutor, chegou , olhou e não ficou de boca calada, foi logo se expressando:-
Olha que coisa mais linda
Mais cheia de graça 
É ela menina
Que vem e que passa
Num doce balanço
A caminho do mar

NOSSO DEUS, esse que criou tudo perfeito, quando viu o homem sozinho logo foi dizendo:-
Está faltando algo para ficar perfeito.
Não é bom que o homem esteja só, dar-te-ei uma companheira!

E em todo tempo a mulher passou a ser amada, desejada, respeitada. SALOMÃO, tal qual Tom Jobim, sem resistir declarou em diversas situações:
- Formosas são as tuas faces entre os teus enfeites, o teu pescoço com os colares.

E NÓS MULHERES DO CORO TRÍADE, como bem escreveu MARTHA MEDEIROS,
- Quando chegamos aos 30
Sabemos que somos mulher de verdade
nem Amélia nem ninguém
um belo futuro pela frente
e um pouco mais de calma talvez
e quando chegamos aos 50
somos livre, linda e forte
temos gente boa ao lado
sabemos um pouco mais do amor, e da vida quem sabe
e quando chegamos aos 90
já sem força, sem futuro, sem idade
vamos fazer uma festa de prazer
convidar todos que amamos
registrarmos tudo que sabemos
e morrer de saudade!
Adaptação dos textos – Eleni nalon
Textos de : Tom Jobim – Genesis – Cantares de Salomão (Bíblia) – Martha Medeiros

domingo, 28 de fevereiro de 2016

SÓ REFLETINDO



Pensando com meus botões!

Se, como disse Jean Piaget :- O professor não ensina, mas arranja modos de a própria criança descobrir". 

Penso as vezes no quanto as crianças e adolescentes vem "aprendendo" , com vídeos que até nos fazem rir, mas que a mensagem que ele passa, quase sempre irrefletida por alguns, despercebida por outros e bem acertada para aqueles que "sabem" o que está fazendo, chegam irradiando ensinamentos nocivos.

sábado, 20 de fevereiro de 2016

EU NUNCA VOU TE ESQUECER


MONÓLOGO RECITATIVO –

Texto de:- Cantares de Salomão.
                  I Coríntios 13
                   Poetas:- Alberto Caeiro
                                 Vinicius de Moraes
                                 Fernando Pessoa
Adaptação dos textos – Eleni Nalon
-------------------
Não! Não! Não!
As muitas águas não podem apagar este amor e Nem os rios afogá-lo.
 Ainda que alguém me de todos os bens de sua casa por esse meu amor, certamente eu os desprezariam.
Esse amor é meu, e eu sou desse amor!
Graças a esse amor que existe entre nós dois, não somos mais manchados pelo pecado, tivemos nossas manchas removidas pelo sangue do maior amor, o amor de Deus em nossas vidas, através de Jesus Cristo.
A meu amor!
 Como é prazeroso cobrir os seus lábios com meus beijos.
O fato de você existir em minha vida posso enxerga-la melhor,
 Mas também, porque eu sei que você me ama.
 Amo você do mesmo modo, Mas te amo ainda mais, Por que tu me escolhes-te para te ter e te amar.
Os meus olhos fitaram a você mais demoradamente sobre todas as cousas.
Se existe algo a me arrepender nessa vida, seria pelo fato de outrora não ter te amado.
O nosso Amor É uma Companhia!
Desde que você entrou em minha vida, sinto que Já não sei andar só pelos caminhos, Porque já não posso andar sem você.
Mesmo quando não estás por perto, é um sentimento profundo que está sempre comigo.
Quero viver em cada momento de minha vida com você, e rir meu riso e derramar meu pranto ao seu pesar ou seu contentamento.
Meu amor!
Eu não sei viver sem amar-te!
Nasci para te querer, e beijar-te até morrer.
Não!!!! Eu não me esqueci do que A vida já me mostrou.
Mostrou que é fácil trocar as palavras, o Difícil é interpretar os silêncios!
É fácil caminhar lado a lado, e que Difícil é saber como se encontrar!
É fácil beijar, mas que Difícil é chegar ao coração!
É fácil apertar as mãos, mas Difícil é reter o calor!
PORÉM,
Através do amor de Deus, descobri que, o amor é paciente, é benigno, não arde em ciúmes, não se ufana, não se conduz inconvenientemente, não busca apenas seus interesses.
Onde existe amor, pode sim ocorrer sofrimento, mas se tivermos amor, iremos crer confiar, esperar, até suportar!
Eu te amo!
Eu te amo!